TVI tem mais de 20 jornalistas de empresas de trabalho temporário

TVI tem mais de 20 jornalistas de empresas de trabalho temporário
Sara Capelo 26 de julho de 2020

Sindicato de Jornalistas recebeu denúncia. A pelo menos um profissional foi pedido que rescindisse com uma empresa para assinar logo por outra (do mesmo grupo empresarial).

Um jornalista a tempo inteiro da TVI recebeu ordem dos recursos humanos da detentora da estação, a Media Capital, para rescindir o contrato "a termo incerto" com a empresa de trabalho temporário para a qual trabalhava oficialmente há mais de dois anos: a Hospedeiras de Portugal. Mas não ficaria desempregado. Dias depois já estava a assinar um contrato "a termo certo" com outra empresa de trabalho temporário, a We Promote, para "sob as ordens e diretrizes" desta empresa "exercer a função de jornalista" nas instalações da TVI (que não quis responder à SÁBADO).

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais