Sérgio Figueiredo recusa responsabilidade da TVI no caso Banif

Joana C. Almeida 18 de maio de 2016

Director de informação da TVI garante, no parlamento, que não existiu "má fé", "dolo" ou qualquer "intenção precipitada de causar perdas"

O director de informação da TVI nega que a estação tenha qualquer responsabilidade na queda do Banif. Em declarações prestadas aos deputados na Comissão de Inquérito que investiga a venda do Banif, Sérgio Figueiredo garantiu que a TVI cumpriu todos os critérios éticos na elaboração da notícia de 13 de Dezembro de 2015, em que se anunciou o fecho do banco.

Sérgio Figueiredo ter-se-á baseado numa carta do governador do Banco de Portugal ao ministro das Finanças, enviada um dia antes da divulgação da notícia no canal, justificando que a considerava "uma peça relevante para juntar a outras para poder avançar com segurança a informação". O jornalista declarou ainda que a informação era "suficiente, credível e verdadeira" e que a sua divulgação chegou a ser ponderada.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais