Guarda das gémeas que viviam em garagem reavaliada dentro de dois meses

Guarda das gémeas que viviam em garagem reavaliada dentro de dois meses
SÁBADO 14 de novembro de 2019

Juiz do tribunal da Amadora decidiu que as crianças devem regressar à casa de acolhimento temporário.

As gémeas da Amadora, que viviam numa garagem, vão continuar na casa de acolhimento temporário, para onde foram levadas há cerca de 3 meses. 

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais