De que turismo temos falta?
Vania Baldi
06 de julho de 2020

De que turismo temos falta?

O turismo que temos vindo a conhecer e praticar nas últimas décadas banalizou o aspeto excecional da viagem e do encontro com o desconhecido.

Falar de turismo em época de pandemia é algo controverso, não apenas pelas razões sanitárias que implicam prudência nas deslocações, mas também por sabermos que os tráfegos aéreos, marítimos e rodoviários têm uma parte de responsabilidade na deterioração do equilíbrio ecológico que, por sua vez, tem outra na difusão do vírus. Bastaria recordar como voltaram a resplandecer muitos lugares naturais do planeta durante a quarentena. Contudo, sabemos que é redutor ligar a crise ecológica aos transportes, a causa principal, como foi salientado pelos climatologistas, reside nas emissões de CO2 libertadas pelos combustíveis fosseis, a mudança ecológica depende daquela energética (descarbonização, hidrogénio verde e eletrificação). De qualquer forma, não parece muito responsável auspiciar que o modelo turístico pré-Covid retorne como era antes tão rapidamente, hoje é o momento ideal para aproveitar do impasse e repensar o que torna significativa e importante a experiência turística.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login