A Palmilha Dentada já tem um "recreio": chama-se Lugar

Ao fim de 20 anos, a talvez mais amada companhia de teatro independente do Porto conseguiu finalmente cumprir o sonho de ter uma sala própria. O Lugar será palco para criações próprias e espaço para continuar a brincar com o público.

Sábado
Leia a revista
Em versão ePaper
Ler agora
Edição de 1 a 7 de dezembro
As mais lidas GPS
Filipa Teixeira 22 de novembro

Parece uma utopia, mas é bem real: a Palmilha Dentada acaba de cumprir 20 anos de permanente atividade como companhia independente de teatro sem qualquer ajuda estatal. "Corremos o risco de nos tornarmos um mau exemplo", diz Ricardo Alves, meio a brincar, meio a sério, que é como os Palmilha Dentada gostam de falar. Ao referir "mau exemplo", o fundador da companhia está a advertir para a aparente ilusão de que trabalhar duas décadas em teatro independente por conta própria é um mar de rosas.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
A Newsletter As Mais Lidas no seu e-mail
Às Sextas-Feiras não perca as notícias mais lidas da semana