Cinco filmes para cinco anos sem Manoel de Oliveira

No 5º aniversário da sua morte, recorde alguns dos principais marcos de carreira do maior realizador português

Sábado
Leia a revista
Em versão ePaper
Ler agora
Edição de 1 a 7 de dezembro
As mais lidas GPS
Cinco filmes para cinco anos sem Manoel de Oliveira
Pedro Henrique Miranda 02 de abril de 2020
Cofina Media

Morreu a 2 de abril de 2015, aos 106 anos, depois de dezenas de filmes de todas as formas e tamanhos, um percurso (no mínimo) pouco convencional e um legado que resistirá pelos menos outro século. Manoel de Oliveira, tido, lá fora como cá dentro, como o maior realizador português, deixou-nos faz hoje 5 anos.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
A Newsletter As Mais Lidas no seu e-mail
Às Sextas-Feiras não perca as notícias mais lidas da semana