Entrevista
Entrevista

"Delinquentes dividem-se em dois grandes grupos. Early-starters começam aos 8 ou 9 anos"

O professor Rui Abrunhosa Gonçalves, especializado em Psicologia da Justiça, defende que é preciso diagnosticar a perigosidade dos jovens delinquentes para combater a criminalidade juvenil.

Os números não mentem: segundo a Procuradoria-Geral da República, depois de uma descida acentuada durante a pandemia a criminalidade juvenil voltou a registar uma subida significativa em Portugal no ano passado, verificando-se um aumento da violência com armas brancas e de fogo e do número de gangues juvenis entre os menores de 16 anos.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
A Newsletter As Mais Lidas no seu e-mail
Às Sextas-Feiras não perca as notícias mais lidas da semana