"O Renato só espera que lhe tirem a bala", diz pai de vítima de terrorista

CM 12 de abril de 2018

Jovem português atingido com tiro na cabeça está a recuperar mas ainda não foi operado.

Por Correio da Manhã

Três semanas depois de ter sido baleado na cabeça durante o ataque terrorista em Carcassonne, no Sul de França, Renato Silva está a recuperar bem. O jovem português saiu do coma, os médicos preparam a cirurgia para lhe retirar a bala e, na passada segunda-feira, recebeu a visita do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa. Os pais respiram de alívio. "Está a melhorar, ainda tem momentos de alguma confusão mas lembra-se de tudo", referiu ao CM Duarte Silva, pai de Renato.

O jovem continua internado no hospital de Perpignan, na unidade de Neurocirurgia. "A polícia já veio ao hospital falar com ele. O Renato disse aquilo que sabia e o que se lembrava do ataque", acrescentou o pai.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login