Polícia Marítima salva 48 da morte

CM 05 de novembro de 2017

Bote de borracha afundava com oito crianças e 12 mulheres.

Por Correio da Manhã

Os 48 migrantes seguiam, na madrugada de ontem, em "grande perigo" na travessia entre a Turquia e a Grécia, no mar Egeu, ao largo da ilha de Lesbos.

O bote onde fugiam à guerra e pobreza estava furado e a afundar. Foram salvos "no limite" pela equipa da Polícia Marítima portuguesa, que está em missão há seis meses naquela ilha grega, tendo já resgatado 988 migrantes.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login