Phil Neville rejeita acusações de misoginia

CM 29 de janeiro de 2018

"O meu caráter resiste a qualquer acusação que me façam", garante o selecionador inglês de futebol feminino.

Por Correio da Manhã

O selecionador inglês de futebol feminino, Phil Neville, rejeitou esta segunda-feira acusações de ser misógino e considerou possuir caráter e estatuto para ser um exemplo, depois de ter assumido o cargo.

A decisão de contratar o antigo defesa do Manchester United foi questionada na semana passada, nomeadamente pela falta de experiência deste como treinador, na sequência das postagens que fez no 'twitter' há seis anos, consideradas sexistas e misóginas.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui