Novas regras para drones prevêem multas até 2.500 euros, mas regulador admite rever

Negócios 14 de dezembro de 2016

O regulador da aviação civil admite as multas máximas previstas no primeiro regulamento para a utilização do espaço aéreo por parte de drones se possa mostrar desadequado, admitindo rever o regime sancionatório.

Por Maria João Babo - Jornal de Negócios

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login