Neymar arrisca seis anos de prisão em Espanha por fraude

Record 31 de outubro de 2018

Por Lusa - Record

O brasileiro Neymar pode ser condenado a um máximo de seis anos de prisão em Espanha, caso seja dado como culpado de fraude, quando se transferiu do Santos para o FC Barcelona, em 2013.

"Neymar vai ser julgado por corrupção e fraude, por isso, de acordo com a lei, incorre numa pena que pode ir de quatro a seis anos de prisão", explicou aos jornalistas espanhóis José María Honrubia, um dos três magistrados que estão encarregues de julgar o caso.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui