MP acusa cinco funcionários de instituição em Viana de maus tratos a jovens

CM 12 de abril de 2018

Advogado pretende demonstrar que a maioria dos factos é "falsa, vaga e não constitui ilícito criminal".

Por Correio da Manhã

O Ministério Público acusou a diretora e quatro funcionários da Casa dos Rapazes, Viana do Castelo, de 35 crimes de maus tratos a crianças, disse esta quinta-feira o advogado dos arguidos, que vai requerer a abertura de instrução do processo.

Com este procedimento, que pode evitar a ida do caso a julgamento, o advogado Morais da Fonte pretende demonstrar que a esmagadora maioria dos factos é "falsa, vaga e não constitui ilícito criminal".

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login