Morreu o arquiteto portuense Francisco Barata Fernandes

CM 17 de agosto de 2018

Responsável pela reabilitação da praça da Cadeia da Relação tinha 67 anos.

Por Correio da Manhã

O arquiteto Francisco Barata Fernandes, responsável pela reabilitação da praça da Cadeia da Relação, no Porto, morreu na quinta-feira, aos 67 anos, vítima de doença súbita, revelou esta sexta-feira a Faculdade de Arquitetura da Universidade do Porto (FAUP).

O arquiteto, nascido no Porto em novembro de 1950, diplomado na Escola Superior de Belas Artes do Porto e doutorado na FAUP, desenvolveu investigações no Património Arquitetónico e em Centros Históricos, em Itália, como bolseiro da Fundação Calouste Gulbenkian.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login