Moeda chinesa com maior desvalorização em três meses

Negócios 14 de abril de 2016

O banco central da China voltou a mexer na taxa de referência perante a apreciação do dólar nos mercados cambiais. É a maior redução de valor operada desde 7 de Janeiro no dia em que injecta mais de 5 mil milhões de euros nos mercados.

Por Paulo Zacarias Gomes - Jornal de Negócios

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login