Ministério Público pondera recurso da decisão de libertar Bruno de Carvalho

Record 15 de novembro de 2018

O juiz de instrução Carlos Delca considerou não haver indícios fortes para justificar a aplicação de prisão preventiva

Por Record - Record

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui