Milhares de crianças sem acesso à educação no Líbano

CM 19 de julho de 2016

Uma em cada quatro pessoas no Líbano é refugiada.

Por Correio da Manhã

Mais de 250 mil crianças sírias em idade escolar, de um total de 500 mil registadas como refugiadas no Líbano, não estão matriculadas no sistema educativo do país, denuncia a organização não-governamental Human Rights Watch num relatório divulgado esta terça-feira.

No relatório de 87 páginas, intitulado "Crescer sem educação: barreiras à educação de crianças refugiadas sírias no Líbano", a ONG denunciou que algumas escolas não estão a cumprir as normas relativas à inscrição de crianças refugiadas, concluindo que é necessário mais apoio às famílias sírias e ao sistema de educação pública libanês, já bastante sobrecarregado.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login