Médica condenada por morte de doente

CM 19 de fevereiro de 2016

Caso ocorreu em 2012 no hospital de Portalegre.

Por Correio da Manhã

Uma médica do hospital de Portalegre foi condenada pelo tribunal local a dois anos e seis meses de prisão pelo crime de homicídio por negligência grosseira. A pena foi suspensa pelo pagamento de 45 mil euros aos familiares do falecido.

Segundo divulgou esta sexta-feira, o Ministério Público (MP), esta decisão transitou agora em julgado. No julgamento ficou provado que a médica ignorou as queixas de dores no peito, costas e estômago do doente, medicando-o com analgésicos. O homem, de 53 anos, acabou por morrer no dia seguinte com uma dissecação da aorta.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui