Mau tempo duplicou derrocadas de arribas

CM 20 de abril de 2018

Registados 25 desmoronamentos, quando a média anual se cifra normalmente em 12.

Por Correio da Manhã

O mau tempo e o mar agitado fizeram disparar, ao longo dos últimos meses, os desmoronamentos naturais de arribas no Algarve. O número já atingiu mesmo o dobro da média habitualmente registada por ano.

Segundo a Agência Portuguesa do ambiente (APA), ao longo do inverno e durante esta primavera já foram registadas 25 derrocadas em arribas, quando a média anual se cifra normalmente em 12. A zona mais afetada por este tipo de ocorrência situa-se entre Albufeira e Lagos.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui