Juiz tem insistido no papel de namorada de Marcelo

CM 06 de janeiro de 2019

Carlos Alexandre tem feito questões sobre a comissão de partes relacionadas nas contestações a arresto de bens.

Por Diana Ramos - Correio da Manhã

O juiz Carlos Alexandre tem insistido no papel da Comissão de Partes Relacionadas do BES e de Rita Amaral Cabral, namorada do atual Presidente da República, nas inquirições que têm sido feitas sobre contestações ao arresto de bens de antigos administradores do GES.

O juiz de instrução tem dirigido as questões dos interrogatórios para a eventual necessidade de emissão de um parecer por parte daquela comissão sobre os produtos do GES vendidos ao balcão do banco, apurou o CM.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui