Governo opôs-se a taxa sobre renováveis para evitar riscos de litigância judicial

CM 28 de novembro de 2017

Numa primeira votação, o PS aprovou a proposta apresentada pelo BE, mas depois chumbou-a.

Por Correio da Manhã

O Governo opôs-se à proposta do BE para taxar os produtores de energias renováveis para evitar riscos de futura litigância judicial, alegou esta terça-feira à agência Lusa fonte da Secretaria de Estado dos Assuntos Parlamentares.

Na sexta-feira, numa primeira votação no âmbito do processo de especialidade do Orçamento do Estado para 2018, o PS aprovou a proposta apresentada pelo BE, mas, depois, pediu a repetição da apreciação do diploma e na segunda-feira votou contra, chumbando-o.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login