Ex-autarca de Tondela nega crimes em três obras

CM 30 de janeiro de 2019

Além de Carlos Marta, são arguidos no processo mais oito pessoas.

Por Luís Oliveira - Correio da Manhã

O antigo presidente da Câmara de Tondela Carlos Marta negou esta terça-feira, em tribunal, qualquer ilegalidade na adjudicação – de forma verbal e por ajuste direto – de três obras à mesma empresa e praticamente pelo mesmo valor.

"Eram obras de valor reduzido, que tinham sido previamente faladas e decididas em reunião com os vereadores face à urgência de se realizarem, porque as ruas estavam completamente destruídas", justificou-se ontem Carlos Marta ao coletivo de juízes.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login