Emigrantes sentem-se "mais seguros" em Portugal

CM 31 de julho de 2016

Apesar dos ataques em França, não pensam desistir e regressar.

Por Correio da Manhã

Emigrantes em França que este domingo entraram em Portugal pela fronteira de Vilar Formoso, Almeida, disseram à Lusa que estão preocupados com os ataques de terrorismo ocorridos naquele país, mas não pensam desistir e regressar.

"Estamos mais seguros cá do que lá, mas desistir e regressar a Portugal, por enquanto não, porque estamos habituados a viver em França e, Portugal, é só para férias", disse à Lusa Carlos Fernandes, de 37 anos, que reside em Lille.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui