Dois aviões da Força Aérea russa com cerca de 100 militares chegaram à Venezuela

CM 25 de março de 2019

Foram avistados um avião de carga com bandeira russa e um avião comercial no aeroporto de Maiquetia, nos arredores de Caracas.

Por Correio da Manhã - Correio da Manhã

Cerca de 100 militares russos chegaram à Venezuela este fim-de-semana. Um comunicado do governo de Nicolas Maduro indica que os russos estão em Caracas para discutir a manutenção de equipamento, treino e estratégia.

A reação surgiu depois de um avião de carga com bandeira russa e um avião comercial terem sido avistados no aeroporto de Maiquetia, nos arredores de Caracas. Os dois aviões estão a ser vigiados por um contingente da Guarda Nacional venezuelana.

Segundo Javier Mayorca, um jornalista venezuelano, desembarcaram do avião cerca de 100 soldados russos liderados pelo general Vasily Tonkoshkurov, que lidera a secção de mobilização das forças armadas russas. No local encontram-se também cerca de 35 toneladas de equipamento.

Apesar do apoio demonstrado por vários países a Juan Guaidó, que se proclamou presidente interino da Venezuela, a Rússia continua a apoiar Maduro. Outro aliado é a China.

Segundo o jornal The Guardian, os dois países emprestaram vários milhões de dólares ao governo de Maduro.

Os Estados Unidos preparam-se para aplicar mais sanções a partir de 28 de abril, limitando ainda mais as importações de crude.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login