Bélgica tira documentos a 15 jovens que iam para a Síria

CM 31 de outubro de 2016

As autoridades federais vigiam outros 160 cidadãos suscetíveis de viajar para território sírio.

Por Correio da Manhã

O ministro do Interior belga, Jan Jambon, retirou o cartão de identidade e passaporte em 2016 a 15 jovens que pretendiam viajar da Bélgica para a Síria, onde opera o grupo extremista Estado Islâmico (EI), informou a imprensa local.

Segundo o jornal "La Dernière Heure", os jovens são pequenos delinquentes, extremistas, traficantes e consumidores de droga com idades compreendidas entre os 17 e 28 anos, que estavam preparados para partir de "forma iminente", de acordo com o ministério do Interior.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui