As histórias de quem perdeu a vida no último tiroteio no Texas

CM 20 de maio de 2018

Jovem de 17 anos entrou na escola que frequentava, em Santa Fé, e atirou a matar.

Por Correio da Manhã

Os EUA estão de luto após mais um tiroteio numa escola. Desta feita, o crime aconteeu numa escola secundária no em Santa Fé, no Texas, e foi levado a cabo por um jovem de 17 anos, que matou a tiro duas professoras e oito colegas, deixando dezenas de outros feridos. 

O suspeito, Dimitrios Pagourtzis, foi detido pelas autoridades, que continuam a investigar os motivos que o levaram a cometer este massacre. Tudo indica, no entanto, que tenha sido um crime passional: o jovem de 17 anos estaria interessado numa rapariga que, depois de meses a rejeitar os seus avanços, finalmente o confrontou na sala de aula. Dias depois, Pagourtzis pegou em armas e voltou à escola para matar. 

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui