A tentar esquecer 2018

Negócios 07 de janeiro de 2019

A única coisa positiva que as quedas do ano passado trouxeram foi o regresso do PSI a níveis de há 2 anos.

Por Ulisses Pereira - Jornal de Negócios

As últimas duas sessões de 2018 na Bolsa portuguesa foram marcadas por fortes subidas, tendo continuidade na primeira semana de 2019, parecendo querer fazer esquecer o ano decepcionante que chegou ao fim.

Apesar de ficar contente com as subidas, não posso dizer que fique entusiasmado. Os estragos provocados pelo último semestre fizeram estragos e deixaram marcas que não são apagadas por apenas alguns dias de Sol na Bolsa portuguesa. São precisos sinais inequívocos de força para mostrar que a tendência ascendente voltou ao nosso mercado.

Há cerca de dois meses atrás, despi o meu fato de touro e, nesta altura, apenas equaciono vesti-lo de novo caso o PSI rompa a resistência entre os 5000 e os 5050 pontos. Recordo que foi a quebra deste valor (antigo suporte) que deu o forte sinal de fraqueza que me fez abandonar o meu optimismo que durava já desde o início de 2017.

A única coisa positiva que as quedas do ano passado trouxeram foi o regresso do PSI a níveis de há 2 anos atrás. Apesar do débil crescimento económico, não estará a Economia portuguesa mais forte do que há 2 anos atrás? Não estarão as empresas portuguesas mais desafogadas? Acredito que sim e isso dá algum alento. Mas pensarmos que o PSI está a níveis de há 20 anos atrás, faz-nos reflectir e esse será o mote do artigo da próxima semana.

Como sempre, não será a minha visão sobre os cenários micro e macroeconómicos a ditar a minha opinião sobre o mercado. Será a frieza e crueldade dos gráficos. Os 5000 pontos continuam a ser a resistência a bater para os touros voltarem ao comando do mercado e para eu me juntar a eles. Até lá, como diria Jorge Palma serei um "optimista céptico ou um céptico optimista", mas nunca um vendedor de sonhos.


Nem Ulisses Pereira, nem os seus clientes, nem a DIF Brokers detêm posição sobre os activos analisados. Deve ser consultado o disclaimer integral aqui


Analista Dif Brokers
ulisses.pereira@difbroker.com


Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login