Agentes da PSP de Tavira acusados de agressão a homem após chamada para 112

CM 06 de janeiro de 2019

Rui Vidal contou que interpelou o agente sobre o motivo da agressão, mas a resposta foi outro soco e mais agressões com o bastão extensível.

Por Lusa - Correio da Manhã

Um agente da PSP, vários elementos da Investigação Criminal e os Comandos da PSP e dos Bombeiros de Tavira são acusados de agressão e falta de socorro a um homem, em setembro, naquela cidade algarvia, denunciou o queixoso.

Rui Vidal, de 46 anos, disse à agência Lusa que a queixa deu entrada em 18 de dezembro no Ministério Público da secção de Tavira do Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Faro e as agressões, alegadamente cometidas também contra o seu filho, ocorreram depois de um pedido de socorro ao 112 para lhe ser prestada assistência num episódio de indisposição e desmaios.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui