17 pessoas morreram em zonas balneares

CM 01 de outubro de 2016

Autoridade Marítima Nacional divulga dados de Maio a Setembro.

Por Correio da Manhã

Dezassete pessoas morreram entre 01 de maio a 30 de setembro, em Portugal, em acidentes relacionados com a prática balnear, que exigiu 605 intervenções de nadadores salvadores, em praias concessionadas, revela este sábado a Autoridade Marítima Nacional.

De acordo com dados disponíveis na página da Autoridade na internet, oito das mortes ocorreram em zonas vigiadas: sete em praias marítimas e uma numa praia fluvial.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login