12 anos de prisão para homem que violou filha e enteada em Gondomar

CM 30 de janeiro de 2019

Homem foi condenado por 164 crimes.

Por Lusa - Correio da Manhã

O Juízo Central Criminal do Porto condenou na sexta-feira um homem de Gondomar a 12 anos de prisão por abusar sexualmente da sua filha e de uma enteada, ambas menores, anunciou esta quarta-feira a Procuradoria Distrital.

O homem foi condenado pela prática de um total de 110 crimes de abuso sexual agravado e 54 de abuso sexual de menores dependentes agravado.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login