Ex-chefe da Casa Militar de Marcelo absolvido no processo de Tancos
17 de janeiroLusa

Ex-chefe da Casa Militar de Marcelo absolvido no processo de Tancos

O julgamento do general João Cordeiro por crime de falsidade de testemunho resulta de uma certidão extraída do processo relativo ao assalto ao paiol de Tancos, no qual a acusação refere que o ex-diretor da Polícia Judiciária Militar (PJM) Luís Vieira confessou a Vasco Brazão, ex-porta-voz daquela polícia, "ter contado tudo o que sabia" ao então chefe da Casa Militar do Presidente da República.

Instantâneos ou quase (56)

O pedido de absolvição do Ministério Público para Azeredo Lopes no caso Tancos, devia ser um caso de estudo na escola da magistratura. É que, antes, o mesmo MP não tinha dúvidas de que o ex-ministro sabia que a PJM estava a investigar à revelia da PJ.

A Newsletter As Mais Lidas no seu e-mail
Às Sextas-Feiras não perca as notícias mais lidas da semana