Fascismo nunca mais
João Pereira Coutinho Politólogo, escritor
18 de janeiro de 2020

Fascismo nunca mais

Hoje, quando olhamos para os candidatos a “fascistas”, eles são a negação do espírito fascista. Não são elitistas; são populistas. Não desconfiam do processo democrático, como em 1921; endeusam-no e quase fazem a apologia histérica da democracia directa

ANTIGAMENTE, quando o fascismo ainda não existia, como é que as pessoas se insultavam? Um amigo fez-me essa pergunta. Não soube responder.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Opinião Ver mais