Choques e pavores
João Pereira Coutinho Politólogo, escritor
23 de fevereiro de 2019

Choques e pavores

Todos os Presidentes, mais cedo ou mais tarde, desiludem as massas que votaram neles. Marcelo não é excepção. Ou, melhor dizendo, Marcelo só será excepção pelo facto de cultivar a ideia caridosa de que pode resolver problemas que escapam ao seu magistério

Curioso: há certos comportamentos governamentais que seriam compreensíveis e até toleráveis em certas classes de símios superiores. Mas tratando-se de seres humanos, uma pessoa abre a boca de espanto.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Opinião Ver mais