Entrevista
Entrevista

Gonçalo Pereira Rosa: "Luís Lupi quis servir um regime que não tinha confiança nele"

Gonçalo Pereira Rosa: 'Luís Lupi quis servir um regime que não tinha confiança nele'
Leonor Riso 06 de dezembro de 2022

Wilton Fonseca e Gonçalo Pereira Rosa investigaram a vida do fundador da agência noticiosa Lusitânia, que surgiu em 1944. Luís Lupi quis servir o Estado Novo e era próximo de Salazar e Marcello Caetano: mas estes nunca nele confiaram.

Luís Lupi (1901-1977) fundou a Lusitânia, a primeira agência noticiosa em Portugal e foi correspondente de várias agências estrangeiras. Caracterizou-se como jornalista até ao fim da vida apesar de as suas atividades não serem hoje permitidas pelo código deontológico, ao mesmo tempo que queria servir um Estado Novo que dele desconfiava. Esta terça-feira, 6, é lançado um livro sobre a sua "vida aventureira". A SÁBADO falou com um dos seus autores, Gonçalo Pereira Rosa.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
A Newsletter As Mais Lidas no seu e-mail
Às Sextas-Feiras não perca as notícias mais lidas da semana