Troika: Poul Thomsen diz que cortar salários não é imposição

19 de novembro de 2011

Dinheiro

Por Inês Alves

Em entrevista exclusiva ao semanário Expresso, dias após a avaliação positiva ao desempenho de Portugal no controlo das contas públicas, Poul Thomsen clarifica a imposição da troika, e relativamente à proposta dos cortes no salário no sector privado - para equiparar o público - diz o seguinte: "Não é uma imposição do programa cortar salários no sector privado. Mas convém lembrar que Portugal tem um problema de competitividade que deve ser resolvido. Existem duas formas de o corrigir. Reduzir salários, o que significa que o país fica mais pobre, ou tornar-se mais produtivo. A forma preferida é pela produtividade.

Thomsen diz que a austeridade vai ser reconsiderada no caso da economida afundar, mas acredita que Portugal poderá regressar aos mercados em 2013, apesar da economia ser "viciada em crédito".

   

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Opinião Ver mais