Réptil marinho com 150 milhões de anos descoberto na Antártida

CM 22 de dezembro de 2017

Equipa argentina descobriu ossadas de plesiossauro.

Por Correio da Manhã

Cientistas argentinos encontraram restos de um réptil carnívoro marinho que estimam tenha vivido há 150 milhões de anos na Antártida, onde nunca tinham sido encontrados vestígios de vida tão antigos.

"Nesse local encontrámos uma grande diversidade de (fósseis) de peixes, moluscos, mas não pensávamos encontrar um plesiossauro tão antigo", disse Soledad Cavalli, paleontóloga do Centro Nacional de Estudos Científicos e Técnicos da Argentina.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui