Presidente da FIFA diz que seria injusto Messi retirar-se sem ganhar um Mundial

CM 09 de outubro de 2017

Infantino afirmou que o craque do FC Barcelona "é extraordinário" e que, "tal como Diego Maradona, marcou uma época".

Por Correio da Manhã

O presidente da FIFA, Gianni Infantino, disse esta segunda-feira que "seria injusto" Lionel Messi retirar-se sem ter ganhado um Mundial e assegurou que o capitão da seleção argentina é um dos "atores principais e absolutos do futebol atual".

Numa entrevista ao diário 'La Nacion', da Argentina, Infantino afirmou que o craque do FC Barcelona "é extraordinário" e que, "tal como Diego Maradona, marcou uma época".

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login