Ministro escusa-se a comentar não recondução de Macieira Fragoso

CM 24 de novembro de 2016

Almirante era o chefe do Estado-Maior da Armada.

Por Correio da Manhã

O ministro da Defesa escusou-se esta quinta-feira a fazer comentários sobre a não recondução de Macieira Fragoso no cargo de chefe do Estado-Maior da Armada (CEMA), referindo que o resultado da seleção será divulgado após 9 de dezembro.

Questionado pela agência Lusa, Azeredo Lopes não quis confirmar ou desmentir se o almirante Macieira Fragoso será reconduzido no cargo, garantindo que "no dia 9 a questão estará resolvida".

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login