Há 11 príncipes entre os detidos por corrupção na Arábia Saudita. Contas congeladas e aeroporto privado encerrado

Negócios 05 de novembro de 2017

As contas bancárias de personalidades sauditas detidas por alegada corrupção, entre as quais se contam 11 príncipes, serão congeladas e objecto de investigação, enquanto os bens passam para o Estado, anunciou este domingo o Ministério da Informação de Riade.

Por Negócios com Lusa - Jornal de Negócios

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login