Diretor da polícia catalã diz que força serve para "garantir direitos" e não inibi-los

CM 27 de setembro de 2017

Mossos d'Esquadra expressam preocupação pela ordem de impedir votação no referendo.

Por Correio da Manhã

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login