David Cameron faz "mea culpa" na gestão dos Papéis do Panamá

CM 09 de abril de 2016

Centenas de manifestantes exigem demissão do primeiro-ministro britânico.

Por Correio da Manhã

Tem acompanhado o escândalo dos 'Papéis do Panamá'? O primeiro-ministro britânico, David Cameron, alvo de inúmeros pedidos de demissão, admitiu este sábado que deveria ter gerido melhor o caso dos "Papéis do Panamá", ao evocar a sociedade "offshore" liderada pelo seu próprio pai.

Em Londres, apesar dos encorajamentos de Edward Snowden no Twitter, os que defendem a demissão de Cameron estão, porém, a ter dificuldades em mobilizar mais pessoas nesse sentido, havendo mesmo poucas vozes na oposição trabalhista que os apoiam.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login