Os 100 anos do Coliseu Micaelense

O GPS visitou o edifício centenário que habitualmente recebe o melhor da cultura que passa pelos Açores. Fique a conhecê-lo

Sábado
Leia a revista
Em versão ePaper
Ler agora
Edição de 13 a 19 de janeiro
As mais lidas GPS
Diogo Lopes 23 de setembro de 2017
Ágata Xavier

A poucas horas do começo dos concertos, o Coliseu Micaelense, na cidade de Ponta Delgada, Açores, estava meio adormecido. O último dia do festival Tremor 2017 (em Abril) já tinha começado - ao fundo, ouviam-se músicas soltas -, mas a calma mantinha-se, a ponto de ninguém poder prever a festa rija que ali aconteceria, nessa mesma noite, com os concertos de Bonga, Mão Morta e não só. Foi, pois, entre cabos, mesas de mistura e acertos de pormenores que Miguel Brilhante, há quatro anos director deste espaço cultural açoriano, recebeu o GPS. O objectivo da visita? Conhecer melhor o terceiro Coliseu do País e toda a sua história centenária (2017 é o ano redondo do centésimo aniversário).

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
A Newsletter As Mais Lidas no seu e-mail
Às Sextas-Feiras não perca as notícias mais lidas da semana