Brunch: nos hotéis a variedade impera

De norte a sul, a fusão de pequeno-almoço e almoço, com piscinas a dominar os cenários, junta pães, panquecas e sumos a pratos quentes, espumantes e gloriosas sobremesas

Sábado
Leia a revista
Em versão ePaper
Ler agora
Edição de 15 a 21 de abril
As mais lidas GPS
Rita Bertrand 25 de maio de 2019

Massas salteadas na hora, cogumelos e enchidos, tábuas de queijos (incluindo o de Azeitão), pastelaria digna de fine dining, com bolos e bavaroises, pães e croissants estaladiços, fruta enfeitada com flores comestíveis, pratos quentes de carne ou bacalhau, chás e sumos detox e de limão ou laranja natural, mas também espumante bruto reserva da Raposeira à discrição tornam irresistível o brunch (só ao domingo) do restaurante Ânfora. Situado junto à piscina exterior do Hotel NAU Palácio do Governador, na R. Pedrouços, em Lisboa, no (bem) renovado edifício do século XVIII cuja sala forrada a azulejo e com órgão de tubos, que em tempos foi capela, merece visita, tal como o spa de imponente piscina interior, ao qual os €35 do dito brunch - servido em buffet, das 12h30 às 16h - dá acesso.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
A Newsletter Semanal Gps no seu e-mail
A GPS indica-lhe as melhores sugestões de fim de semana. Receba todas as semanas no seu email. (Enviada semanalmente)