Entrevista
Top Gear

Chris Harris: "Ainda recebo mensagens de ódio por não ser o Jeremy Clarkson"

Chris Harris: 'Ainda recebo mensagens de ódio por não ser o Jeremy Clarkson'
Markus Almeida 18 de abril

Em entrevista à SÁBADO, Chris Harris fala sobre a difícil missão de substituir uma das figuras mais emblemáticas da televisão, sobre ter o melhor emprego do mundo e de como a pandemia influenciou as loucuras automobilísticas da 29.ª temporada de Top Gear.

Tem o melhor emprego do mundo, diz-nos, mas poucos desejariam ter a missão de substituir Jeremy Clarkson, que com Richard Hammond e James May formou o que foi, provavelmente, o trio de apresentadores mais popular do mundo, e que fez de Top Gear um dos programas de televisão de maior sucesso. 

Jornalista especializado em carros, piloto de corridas e apresentador de televisão, Chris Harris entrou para o programa em 2016 e rapidamente se tornou um elemento fundamental da equipa. Antes de ser uma estrela televisiva, Harris era mais conhecido pelo seu canal de Youtube Chris Harris on Cars, depois de uma vida a escrever sobre carros na imprensa. 

Entrevista por Zoom, em tempos de pandemia, antes da estreia da 29.ª temporada de Top Gear, a 20 de abril, às 22h, no canal Blaze.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
A Newsletter Geral no seu e-mail
Tudo o que precisa de saber todos os dias. Um resumo de notícias, no seu email. (Enviada diariamente)