Socialistas concordaram em discordar e acabaram a pedir o mesmo

Negócios 26 de maio de 2018

Não eram esperados grandes embates. Houve o esperado confronto ideológico entre quem defende um partido mais à esquerda e quem prefere uma afirmação ao centro moderado. Mas, no final deste segundo dia do 22.º Congresso do PS, o que sobra é a sintonia no objectivo essencial: vencer as eleições de 2019. Depois logo se verá.

Por David Santiago - Jornal de Negócios

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login