Manuel Maria Carrilho diz que Bárbara Guimarães é "falsa vítima"

CM 04 de dezembro de 2017

Ex-ministro da Cultura considerou este processo um "aviltamento" à luta contra a violência doméstica.

Por Correio da Manhã

O ex-ministro da Cultura e arguido Manuel Maria Carrilho declarou esta segunda-feira em julgamento que a ex-mulher Bárbara Guimarães é uma "falsa vítíma" de violência doméstica e que a "falsa vítima foi o verdadeiro agressor".

"Agressor aqui só há um: Bárbara Guimarães", disse Manuel Maria Carrilho nas suas últimas declarações em julgamento, antes de a juíza marcar para 15 de dezembro a leitura da sentença do processo em que o antigo ministro está acusado de violência doméstica contra a ex-mulher e apresentadora da televisão.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login