Livreiro de Hong Kong desaparecido dá sinais de vida

CM 05 de janeiro de 2016

Lee Bo terá contactado com um amigo.

Por Correio da Manhã

A mulher do livreiro de Hong Kong desaparecido Lee Bo garantiu que o marido entrou em contacto com um amigo, pelo que retirou a denúncia pelo desaparecimento que apresentara junto da polícia da antiga colónia britânica.

Segundo informa esta terça-feira o jornal South China Morning Post, que cita as declarações da mulher do livreiro - que trabalha na Causeway Books, conhecida por publicações críticas do regime e do Partido Comunista chinês proibidas na China - Lee Bo deu sinais de vida ao entrar em contacto com um amigo.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login