Governo da Madeira insiste em alterar limites de vento para recomendáveis no aeroporto

CM 28 de abril de 2018

Vice-presidente do executivo considera que a economia está a ser "fortemente prejudicada" devido às atuais limitações.

Por Correio da Manhã

O Governo da Madeira pretende que a Autoridade Nacional da Aviação Civil (ANAC) altere os limites de vento no aeroporto da região de mandatórios para recomendáveis, considerando que a economia está a ser "fortemente prejudicada" devido às atuais limitações.

"Sem pôr em questão a segurança dos passageiros e da operação temos de olhar para o Aeroporto da Madeira de outra maneira. O Aeroporto da Madeira não é o pior do mundo, não é o único que justifique ter limites mandatórios", disse este sábado o vice-presidente do executivo, Pedro Calado, durante uma visita às instalações do Serviço Regional de Proteção Civil, no Funchal.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login