Tremor: Pauliana Valente Pimentel e a juventude de São Miguel

"O Narcisismo das Pequenas Diferenças" mostra a juventude de São Miguel pelo olhar de Pauliana Valente Pimentel. Inaugura a 22 de Março na Galeria Fonseca Macedo, em Ponta Delgada, no âmbito do festival Tremor

Sábado
Leia a revista
Em versão ePaper
Ler agora
Edição de 22 a 28 de abril
As mais lidas GPS
Ágata Xavier 20 de março de 2018

Regressou aos Açores com duas coisas na bagagem: o documentário de Joaquim Pinto sobre Rabo de Peixe, homónimo, de 2003, e as memórias das viagens que fez pelo arquipélago quando tinha 18 anos, à boleia de um namorado que vivia em São Miguel. Hoje tem 43 e, diz, "já passou uma vida". Pauliana Valente Pimentel voltou à "ilha que tem um pouco de todas as outras" com um objectivo: fotografar os jovens. O resultado desse trabalho, que demorou um ano a realizar, inaugura na Galeria Fonseca Macedo, em Ponta Delgada, integrado no Tremor (festival de música que decorre entre 20 e 24 de Março), a 22, e é fruto de uma residência artística feita em parceria com o Walk & Talk, festival de arte contemporânea, o Tremor e a Galeria Fonseca Macedo, todos de São Miguel.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
A Newsletter Semanal Gps no seu e-mail
A GPS indica-lhe as melhores sugestões de fim de semana. Receba todas as semanas no seu email. (Enviada semanalmente)