A Sedução da Modernidade no Museu do Chiado

A ligação da arte oitocentista com a literatura e uma dupla de designers contemporâneos contra a ortodoxia da produção em massa são os temas das duas exposições que são inauguradas no dia 27 no Museu de Arte Contemporânea do Chiado

Sábado
Leia a revista
Em versão ePaper
Ler agora
Edição de 22 a 28 de setembro
As mais lidas GPS
Ágata Xavier 02 de maio de 2017

Bebiam conhaque e cerveja enquanto discutiam o estado da arte em Portugal, ansiosos pela modernidade trazida de Paris e Barbizon por Silva Porto, o aluno brilhante que regressou de França para dar aulas nas Belas-Artes. O conjunto de jovens reunia-se na cervejaria Leão d'Ouro, em Lisboa, e foi com o nome da casa que lhes servia imperiais que ficaram imortalizados na tela de Columbano Bordalo Pinheiro e no nome cunhado por Mariano Pina: o Grupo do Leão. A Sedução da Modernidade, que será inaugurada a 27 de Abril, quinta-feira, na Sala dos Fornos do Museu Nacional de Arte Contemporânea do Chiado, em Lisboa, revela as propostas artísticas do primeiro grupo a romper com as convenções académicas vigentes.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
A Newsletter As Mais Lidas no seu e-mail
Às Sextas-Feiras não perca as notícias mais lidas da semana